As terapias alternativas vem ganhando espaço atualmente, por demonstrarem sua capacidade em resolver doenças e situações as quais as terapias convencionais não tem surtido efeito.

O Biomagnetismo Medicinal é uma terapia recente, criada na década de 80 no México, pelo Dr Góiz, um médico e fisioterapeuta que se dedicou a pesquisa da cura de diversas doenças através da aplicação de pares magnéticos, que são imãs com polaridades diferentes um positivo e outro negativo, posicionado sobre os locais certos.

Nosso corpo é feito de trilhões de células, e composto em sua maioria por água. O PH (acidez ou alcalinidade) do nosso corpo não é uma medida exata, cada tecido, órgão e conjunto trabalham num pH específico, que lhe traz as condições perfeitas de funcionamento, por exemplo: a boca é menos ácida do que nosso estômago, e a pele menos ácida do que a boca, e por ai vai. o importante é compreender que a acidez varia conforme o tecido, e que cada um deve trabalhar na sua faixa, e não numa média.

Nossos hábitos de vida nos tornam ácidos, com a idade perdemos a capacidade de nos alcalinizar, e somado ao sedentarismo e a alimentação, nos tornamos ainda mais ácidos. exemplo: para “neutralizar” a acidez de um copo de refrigerante, são necessários 37 copos de água, isso tomando uma água alcalina, o que nem sempre encontramos disponível. Alimentos como carne, tomate, leite, café dentre outros tornam nosso corpo muito ácido.

A acidez do corpo tende a deixar os órgãos e tecidos “frágeis”, sendo facilmente alvo de bactérias, fungos e vírus, que dependendo do local onde se alojam podem causar doenças. Não apenas a acidez, como o excesso de alcalinidade em algum tecido também pode favorecer o acumulo de bactérias, fungos e vírus e causarem doenças, porém na acidez é mais comum.

Como uma forma natural de combater os micro-organismos, a mudança de hábitos de vida tem muita importância, pratica regular de exercícios físicos, boa alimentação, ingestão de água com regularidade e um sono reparador auxiliam muito, porém seu corpo pode estar numa fase de estresse tão grande que sozinho ele não conseguirá.

No biomagnetismo é realizado primeiramente um rastreio completo, de mais de 300 pontos, durante o rastreio, os pontos que são encontrados já passam a ser “corrigidos”, e ao final do rastreio é explicado ao paciente os pontos e as correlações dos encontrados com as enfermidades relatadas.

No biomagnetismo, não focamos o rastreio nas queixas, o rastreio é feito completo em todos os atendimentos, independente da queixa, pois a origem do problema não necessariamente encontra-se sobre o problema, ou perto da área sintomática. explico: por vezes é comum tratar pessoas com cefaleia, (dor de cabeça) e a causa do sintoma não está na cabeça, por vezes achamos pontos no útero, rins, dentre outros.

O rastreio e o posicionamento dos imãs é feito de maneira indolor, sem a necessidade de tirar a roupa, e o tratamento leva em torno de 40 minutos. A melhoria dos sintomas já são sentidos na primeira semana, e a alta ocorre assim que o paciente já se sente melhor, em geral a partir do terceiro atendimento.