Nossa saúde não é uma matemática perfeita, e o corpo humano responde a estímulos de maneiras diferentes. A reabilitação completa vai depender da gravidade da lesão, e de fatores associados que reduzem a capacidade do corpo de regeneração, como idade avançada, sobrepeso, desgaste articular, debilidade muscular prévia dentre outros.

Os estímulos são sempre vigorosos, levamos nossos pacientes no limite do seguro, em questão de exercícios, porém cada corpo reage de maneira diferente.

Pacientes que antes da lesão eram sedentários, tem uma reabilitação mais lenta, pois o corpo não está sequer acostumado com exercícios, e nesse ponto fumantes com sua função pulmonar reduzida também se enquadram.

O numero 10, tão falado por quem não conhece de fisioterapia, parece um número perfeito, onde da nona para a décima fisioterapia a dor desaparecesse como num passe de mágica. Porém isso não ocorre, e é pura incompetência de quem solicita guias para planos de saúde. Já resolvi muitas queixas em 2 ou 3 atendimentos, sem necessitar das 10, e já tive diversos tratamentos longos, onde em 10 atendimentos não estávamos sequer em pé.

Todo caso é diferente, e deve ser tratado como tal.