Acidentes de moto e a fisioterapia

postado em: Sem categoria | 0

Acidentes de moto são comuns, devido a vários fatores e a fragilidade do motociclista frente a um carro inevitavelmente aquele leva a pior. Em geral as lesões são em membro inferior, tornozelo, joelho quadril e seus ossos correspondentes.

Quando se trata apenas de escoriações (ralados) o tratamento é mais simples, pode ser por meio de curativos e pronto.

Porém quando o acidente é mais grave, e envolve fratura ou ruptura ligamentar, a fisioterapia entra como essencial.

Quanto antes se inicia o tratamento antes termina, e com muito menos dor e restrição. Vejo muitos casos que aparecem para o tratamento após a cicatrização, após 45 dias, sendo que já está ocorrendo um processo de cicatrização que poderia ser acelerado, reduzindo o tempo de cicatrização, reduzindo as fibroses decorrente de uma cicatrização desordenada, e sem duvida evitando dores e encurtamentos.

O ideal, é fisioterapia até um dia após a cirurgia, ou após a estabilização (gesso) para reduzir edema, manter a força por meio de eletro estimulação dentre outros. Dúvidas? entre em contato.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *