O atendimento traumato-ortopédico se divide em vários ramos de atuação.

atendimento pós cirúrgicos ortopédicos de todos os tipos, como o pós operatório de prótese de quadril ou prótese de joelho, pós operatório de fraturas onde houve a necessidade de fixação externa por meio de ILIZAROV ou outro modelo, ou com fixação interna por meio de placas e parafusos.

Neste atendimento primeiramente se busca a manutenção da amplitude de movimento das articulações a sua volta, manutenção da musculatura por meio de eletroterapia, além da redução do edema local e auxílio a cicatrização; num segundo momento fortalecimento gradual até chegar a propriocepção e a alta.

O ideal é que o atendimento seja iniciado já no pós cirúrgico imediato ainda no hospital, pois principalmente o controle do edema irá acelerar e muito a reabilitação.

Cada caso varia sua aplicação por fatores como tipo de cirurgia, idade, sexo, atividade laboral, atividade física, e doenças anteriores como diabetes, hipertensão ou outras.